Logo PGQu

Instituto de Química
Universidade Federal do Rio de Janeiro

Metodologias de Análise

Desenvolvimento de métodos para identificação e padronização analítica dos mais diversos materiais e produtos químicos, farmacêuticos, etc.

Projeto: Recuperação de metais de catalisadores usados. Objetiva-se primordialmente desenvolver rotas de processamento de catalisadores comerciais desativados com vistas a recuperar os componentes da fase ativa e do suporte para emprego como matéria-prima na indústria química, matalúrgica, etc, evitando que sejam descartados como lixo perigoso (classe I) em aterros. Busca-se também estudar a interação entre essas amostras desativadas e o meio-ambiente onde foram colocadas, posto que, em geral, os catalisadores contém altos teores de metais pesados e compostos cancerígenos, o que os torna poluentes em potencial de plantas, solos e águas. Docente: Júlio Carlos Afonso (Química Analítica); Código Sigma: 4179; Início: 1992.

Projeto: Utilização da RMN como ferramenta de acompanhamento de processos catalíticos; Docente(s): Carlos Roland Kaiser (Química Orgânica); Código Sigma: 163; Início: 1994.

Projeto: Processamento de Resíduos Contendo Metais. Busca-se o desenvolvimento de rotas em nível laboratorial e piloto que permitem isolar, de forma efetiva e com grau de pureza adequado, elementos químicos ou compostos químicos definidos de interesse para as áreas de indústria, de pesquisa e de ensino, a partir de lixo. Há particular interesse pelo lixo tecnológico que contém metais pesados, tóxicos aos seres vivos, e que é gerado numa velocidade impressionante atualmente. A extensão deste escopo se aplica a resíduos oriundos de indústrias químicas, petroquímicas e refinarias de petróleo. Os materiais atualmente processados em nosso laboratório são: lâminas de barbear, pilhas (comuns e alcalinas), baterias (Ni-Cd, lítio, chumbo, Ni-metal hidreto), lixo eletroeletrônico (informática e aparelhos portáteis e de grande porte). Docente: Júlio Carlos Afonso (Química Analítica); Código Sigma: 5338; Início: 1998.

Projeto: Desenvolvimento analítico na área de química forense, preparação e utilização do luminol, tinta invisível empregados pelas Polícia Civil do RJ, outros estados, Exército e Federal; Docente(s): Claudio Cerqueira Lopes (Química Analítica) e Rosangela Sabbatini Capella Lopes (Química Analítica); Código Sigma: nc; Início: 2000.

Projeto: Instalação e calibração dos aparelhos, desenvolvimento e otimização da metodologia para Identificar e caracterizar as emissões de hidrocarbonetos voláteis, como conseqüência do uso de combustíveis oxigenados e gás natural; Docente(s): Graciela Arbilla de Klachquin (Físico-Química); Código Sigma: nc; Início: 2003.

Projeto: Tratamento de Efluentes Líquidos de Refino de Petróleo, para remoção de enxofre e outros contaminantes, e reuso da água. Docente: Júlio Carlos Afonso (Química Analítica); Código Sigma: nc; Início: 2007.

 

O detalhamento dos projetos de cada linha de pesquisa pode ser acessado em http://www.sigma.ufrj.br através do Código Sigma descrito nos resumos dos projetos.

INSTITUTO DE QUÍMICA - UFRJ -INTRANET -FAPERJ -CNPq -CAPES -PERIÓDICOS -CONTATO -RESTRITO

Instituto de Química - Universidade Federal do Rio de Janeiro - Rio de Janeiro, BRASIL | Todos os direitos reservados. ©1999-2016 PGQu & UFRJ.
Google+ | Criação de Sites RJ | Criação de Sistemas Web/EventSys